Seguidores

sábado, 30 de agosto de 2008

Uma Mulher Quando Ama







Uma mulher quando ama
Acha que nunca está bela
Para seu amado...
Faz testes de maquiagem
Ensaia falas no espelho
Faz e desfaz mil penteados
E acaba soltando os cabelos...

Uma mulher quando ama
Não se importa
Em ser chamada de louca
Seu amor lhe salta a boca
Não se faz de santa,
Talvez deusa poderosa
Dessas que enfeitiçam
E roubam a beleza da rosa...

Uma mulher quando ama
Sabe exatamente
Do que estou falando
Faz o que faz
Sem nunca achar demais
Pra ouvir todos os dias:
Eu te amo!

(Sirlei L. Passolongo)

Direitos Reservados a Autora

3 comentários:

tina poeta disse...

exelente seu blog!!!
lindos poemas!!!

Sandra disse...

Lindo teu blog Sirlei!
Lindas poesias!
Parabéns!
Bjinhos no coraçao...

Ieda Alkimim disse...

A poesia busca no fundo da alma a essencia do poeta! Parabéns Sirlei pelo trabalho e sensibilidade!