Seguidores

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Completamente


                     
      


Abraça-me...
Enquanto a lua não dorme
E o sol faceiro acorde
E te leve pra longe de mim
Deixa-me sentir seu calor
Na paz do seu abraço
Numa magia sem fim.

Beija-me...
Quando o sol se levantar
Faça-me juras de amantes
Deixa-me sentir seu gosto
Impregnado na boca
Pra que na saudade louca
Te sinta junto de mim.

E quando a tarde cair
Quase louca de saudade
Eu te busco e te preciso
Você volta para meu colo
A lua acende o sorriso
A noite sonda indiscreta
E o nosso amor... Assim
se completa.
(Sirlei L. Passolongo)

Direitos Reservados a Autora
      
      


     
 

Um comentário:

Celia disse...

Perfeito Sirlei, um amor de completa magia... lindo amiga!
Parabéns!
Beijos com carinho!
Célia.