Seguidores

quinta-feira, 27 de setembro de 2007

Esse Jeito de Te Amar





Esse jeito de te amar
É um vicio
Que o corpo necessita
A mente implora
Um veneno insano
que impregna
e no peito fica

Esse jeito de te amar
é um feitiço
que leva ao delírio
os olhos te vêem
a alma, seu nome grita

Esse jeito de amar
é loucura
também doçura
é desejo embriagante
sem censura

É um jeito de amar
Inconseqüente
é assim que te amarei
eternamente.
(Sirlei L. Passolongo)
Direitos Reservados a Autora

4 comentários:

Dora Dimolitsas disse...

Querida Sirlei
como sempre seus poemas são apaixonantes querida, parabéns
desnuda sua alma. beijos da amiga Dora

Doctor t. disse...

Lindo poema !!!! Li aquí e no bar !

Parrabéns pela inspiracão !

Tem feito poemas ótimos !!

Beijo linda !!!

Socorro disse...

Parabéns... amiga,achei lindo!

Maria Claudia disse...

Olá!

Parabéns pelo site!

Um abraço!