Seguidores

domingo, 30 de setembro de 2007

Esquecer Você






Hoje, resolvi que não iria mais pensar em você.
Que iria esquecer seu cheiro, seu gosto.
Resolvi jogar suas fotos, não pensar em seu rosto.

Resolvi que iria apagar você do meu passado
Esquecer nossos lugares, nossa canção...
Esquecer as manhãs que acordei do seu lado.
Ah! Também prometi a mim mesma que
Nas noites frias, nunca mais chamaria seu nome.

Hoje, ainda hoje,
Antes de o sol dar lugar a lua, percebi meus erros.
Como esquecer seu cheiro se ele está impregnado em meu corpo?
Posso rasgar suas fotos, mas jamais esquecerei seu rosto.
E o gosto que ainda está em minha boca é o gosto da boca sua.

Como apagar você do meu passado se minha vida foi você?
E os nossos lugares?
Se é a rua onde caminho todos os dias,
Se é o semáforo onde paro todos os dias...
Se é tudo que me rodeia... Se em tudo há um pouco de você.
E como esquecer nossa canção se a melodia está em minh’alma?.
Ah! E seu nome? Como esquecer?
Se ele é uma brasa que queima em meu peito...
Hoje percebi que esquecer você... não tem jeito.
Que meu amor por você é tão intenso... Que você faz parte de mim
Do meu tudo, do meu todo... Da minha solidão.
Só me resta acreditar que um dia... Vais me amar assim.

(Sirlei L. Passolongo)

Direitos Reservados a Autora

4 comentários:

TINA disse...

AMEI MARAVILHOSO .

elis_ofenomeno disse...

Cada vez que me deparo com uma poesia da querida Sirlei, sinto renascer em mim a esperança de coisas boas, de um mundo melhor, de pessoas sensíveis, inteligentes que consigam atingir corações com palavras e sentimentos como ela o faz tão bem.
Beijos minha querida!
Nitelma Amorim

Márcio Arnaldo Borges disse...

Querida amiga,

ando "complicado", mas dou-me o PRAZER de vir aqui! Tenho recebido suas pérolas e as leio todas! Releve o "silêncio"!

Obrigado, beijo!

delta1alfa disse...

simplesmente maravilhoso!!!!!
muito mais que tudo de bom!!!!
a voce doce estrela, meus sinceros parabens!
da sempre miguxa
delta 1 alfa.